Parece até um sonho para alguém que vive entrando e saindo de dietas e mais dietas. Mas mesmo parecendo tão distante, essa deveria ser a melhor maneira de lidar com sua nutrição.

Apesar de tudo, muitas pesquisas demonstram que todas essas técnicas não funcionam muito bem. Por exemplo, todo final de ano grande maioria das pessoas decidem comer melhor, desenvolver melhores hábitos. Algo que é muito positivo…mas apenas 8 percento das pessoas realmente conseguem atingir seus objetivos.

Ao invés da loucura dessa repetitiva frustração todos os anos, abaixo estão algumas recomendações de como seguir uma dieta para eliminar esse sentimento de culpa e finalmente perder aqueles quilinhos extras.

1. Busque qualidade

Se você está em busca de tomar uma decisão e cuidar melhor de si mesmo, faça valer essa promessa através da escolha dos seus alimentos. Não precisa comer tudo orgânico apenas compre coisas frescas e variadas.

Em se tratando da qualidade da dieta, tente escolher menos carboidratos refinados (claro que você pode comer carboidratos para emagrecer) como feijão, lentilhas e grãos integrais aos invés dos refinados.

Melhorar a qualidade da suas refeições pode ser muito simples:

  • cozinhar mais frequentemente ao invés de comprar alimentos prontos
  • separar um tempo pra sempre disponibilizar lanchinhos saudáveis na sua mesa durante o trabalho
  • preparar suas refeições e congelá-las.

Dessa forma, você terá opções saudáveis sempre a sua disposição.

Se você não tem muita intimidade com a cozinha, trate de aprender! Sua saúde depende de suas habilidades culinárias. E você vai ficar muito mais satisfeito comendo sua própria comida. É um investimento na sua saúde, então vai te ajudar diminuir as despesas.
Quando for separar suas refeições pense nisso:

  • Dica de saúde 1: integrais, quase nunca alimentos processados ou refinados
  • Dica de saúde 2: 25-30 gramas de proteína por refeição
  • Dica de saúde 3: coma o máximo de vegetais possível
  • Dica de saúde 4: uma variedade de diferentes gorduras, sementes, amêndoas, abacate, peixes ou carne, ou azeite de oliva.

Você não precisa ser perfeito em todas as refeições, mas se você conseguir estruturar todas as refeições você vai ficar impressionado com os resultados que irá conquistar.

2.Como seguir uma dieta

Comida é comida. Algo que você deve por em mente é que não há comida “boa” ou “ruim”. Enquanto algumas escolhas podem ser mais saudáveis que outras, não significa que escolhas menos saudáveis devem ser evitadas. Na verdade, rotulando comidas menos saudáveis como vilãs pode fazer você desejá-las ainda mais, e quando finalmente você for comê-las você não vai conseguir se controlar.

Lembre-se: na nutrição, não existe perfeição. Se 80 por cento da sua alimentação for minimamente controlada ou fresca, não há problema algum em se divertir um pouco com os outros 20 por cento.

Comer um pedaço de bolo não lhe faz uma pessoa má ou fraca e também escolher uma maçã não lhe faz um Santo. Eu sei que você compreende, mas, emocionalmente isso tem sido um difícil conceito de aceitar por que a comida tem sido moralizada, sujeita a julgamento. Por favor, não caia nessa.

Culpa e vergonha não combinam com alimentação, e todos somos humanos. Frequentemente punimos a nós mesmos por escolhas em nossa alimentação, por não considerarmos algum tipo de comida “normal” ou “saudável”.

Não é um grande negócio comer para se satisfazer ou ser feliz, a comida não tem essa finalidade. Tente se controlar para não transformar a comida em um consolo ou uma fuga.

By the same token, honor your preferences and cravings. Life is too short to choke down foods you don’t like just because some random ‘nutrition guru’ says you should be eating them.

Odeia brócolis? Escolha outro vegetal – há muitas opções, e são todas excelentes. Vontade de comer um brownie? Vai logo, tenha consciência das consequências mas não se culpe, pois apenas vai consumir suas energias.

3.Seja Pleno

Você pode até estar cheio de ouvir essa expressão, mas plenitude significa você comer e realmente saborear e apreciar sua comida.

Eliminando distrações, ou seja, pare de comer em frente ao seu computador okay?! e fazer um esforço para comer devagar também ajuda com a saciedade. Isso pode ajudar muito se você está buscando ser mais saudável ou mesmo perder uns quilinhos extras.

4.Seja Flexível

Algumas semanas serão melhor que outras mas assim é a vida. Algumas pessoas passam por alguns dias difíceis em que não conseguem comer adequadamente e se frustram e desistem.

Essa atitude de tudo ou nada nunca ajudou ninguém. É muito mais fácil seguir uma dieta saudável para conseguir se manter em seu objetivo. Você não vai engordar em apenas um dia, da mesma forma que você não conquista um shape apenas com uma sessão de treino.

Recomece sua rotina alimentar assim que possível e não seja consumido pelo passado. Não existe apenas uma dieta que funciona com todas as pessoas. Resultados são alcançados através de tempo e consistência. E pode haver flexibilidade, segure-se firme e continue sua jornada apesar dos dias ruins.

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui