Aquelas pernas!

Existe uma razão por termos escolhido Akim para contar um pouco do seu treino de pernas.There’s a reason we chose to ask Akim to train legs for this online feature. Assim como seus braços, em offseason tin gem a marca de 60cm, que é sua parte do corpo mais freak. Seus quadríceps também não ficam pra trás, pois são densos e fortes, e são insanos quando olhamos de lado, bem marcados e com cortes e separações  que começam desde o seu quadril. Quando ele posa com os quadríceps na pose de frente, fileiras e fileiras de estriações que vem do vasto-medial até seu lateral se cruzando entre si como se fossem zíperes (assim como outro monstro do Brooklin, Kai). Seu posterior de coxa fica pendurado de tão grande. Mas sua rotina de perna é surpreendente simples, mas como eu sempre digo, mas sets e repetições no papel não mudam nada se não houver intensidade e prática. Akim é perito em treinos pesados e intensos.

 

Mesa Flexora

Akim começa o seu treino de perna pelo posterior de coxa por duas razões. Por uma razão,  ele soube desde o começo que a maior parte dos bodybuilders colocam muita prioridade nos quadriceps, levando a um desequilíbrio em desenvolvimento e força dos dois grupos musculares nas coxas. “E também isso é uma maneira mais segura de encarar um treino de pernas,” ele explica. ” Treinar posterior de pernas primeiro aquece o corpo e as juntas e lubrificando os músculos deixando o restante do seu treino mais produtivo. Geralmente, seu set de treino de posterior inclui cinco sets de mesa flexora com 20 repetições, fazendo um esforço consciente de esmagar o músculo até o topo a cada repetição.

 

Cadeira extensora

Cadeira extensor é feita duas vezes no treino de perna de Akim. Depois da mesa flexora, que ele usa pra aquecer os quadríceps e juntas no joelho, mantendo um movimento constante sem parar do topo até o final. Depois, do agachamento e do leg press, Williams volta para a cadeira extensora e pega um pouco mais pesado para isolar o seu quadríceps. Em ambos os casos, ele faz o movimento com uma perna de cada vez. “Toda vez que você usa as duas pernas ao mesmo tempo, você arrisca um lado dominar o outro tirando o desgaste de uma perna e você fica com problemas de assimetria” ele destaca. ” Equilíbrio é a chave no bodybuilding. As pessoas notam se um braço é maior que outro”

 

Agachamento

Akim ama agachar, e agachar pesado. Ele é um cara que treina com seis placas de 20kg de cada lado, acrescentando o peso gradualmente é óbvio. E talvez o aspecto mais impressionante do seu agachamento pesado é que ele não usa cinturão ou elásticos no joelho, algo comum a maioria das pessoas que agacham com essa quantidade.“Por uma razão, Eu sinto que elas limitam o movimento do corpo,” ele nota. “E quando você apenas conta com esse tipo de acessório, seus tendões e ligamentos nunca se fortalecem. Eu realmente acredito que você corre um maior risco de lesão a longo prazo usando esses acessórios.” E Akim não faz meia repetição. Ele agacha lá embaixo. E apenas para lhe dar mais crédito essa foto foi tirada uma dia depois do campeonato e são pesos de verdade na barra!

 

Leg Press

Depois de agachar, Akim usa dois diferentes tipos de leg press de duas maneiras diferentes. Primeiro é o leg press tradicional. Nele ele faz de três a quatro sets de 30-40 repetições, uma mudança na sua rotina cortesia de Juan Morel. “Eu nunca havia treinado com altas repetições antes, mas Juan estava tendo bons resultados então resolvi tentar”, ele diz. ” O pump e a queimação é incrível. Já que estou treinando bem pesado com baixas repetições no agachamento, isso me dá um estímulo completamente diferente”.

 

Depois do tradicional leg press, Akim vai para o leg press 90. Akim executa uma perna de cada vez. “Eu sinto muito mais o angulo perto do glúteo e é uma região que preciso destacar. Muitos caras tem uma perna impressionante perto dos quadris, mas não tão boa perto dos joelhos. Quando você olha pro Army, Branch ou Kai e o posterior está praticamente pendurado na perna” Williams também sente seu posterior de coxa ser ativado no leg press 90, algo que é importante já que ele não isola esse exercício.,

 

Stiff-Leg Deadlifts

Na maior parte do ano Akim não faz stiff. “Geralmente eu faço apenas próximo do show para auxiliar na minha separação muscular”, ele afirma. Ele sempre mantém seus joelhos levemente dobrados em referência aos deadlifts romenos.

 

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui