Cedric McMillan Abre o Jogo em Relação ao seu Contrato com a Black Skull

Cedric McMillan explica por que ele deixou Redcon e foi para Black Skull

No início de setembro de 2021, Cedric McMillan anunciou que não estaria competindo nos palcos do Arnold Classic Ohio nesse ano de 2021, e ao mesmo tempo, também estava iniciando uma nova história com uma nova marca de suplementos. E a novidade não pára por aí, além de ser uma nova empresa. Representa um novo desafio por estar no Brasil.

Tivemos a oportunidade de nos conectar com McMillan por sua passagem pelo Brasil, e entrar em detalhes sobre por que ele fez essa grande mudança e o que esperar de sua nova história. Em nossa entrevista GI Exclusive, Cedric McMillan explica porque ele deixou a Redcon e a declaração de missão para a Black Skull USA em um mercado de suplementos mundial.

Cedric McMillan sempre foi um atleta patrocinado por um longo período de tempo. Mas única exclusivamente por sua presença de palco. Seus resultados nos campeonatos e fim. Nunca havia sido explorado sua mídia ou mesmo personalidade ou lado militarista. Em conversa com o CEO da Black Skull, Marcello Bella, sentimos essa conexão que o próprio Cedric também ressaltou.

“É muito bom se sentir querido, se sentir desejado” declara cedric

“pois geralmente um atleta é contratado para vender mais suplementos ou por suas colocações nos palcos”

Cedric McMillan competiu pela última vez durante o Arnold Classic 2020, onde ficou em sexto. Sua última vitória veio durante o Romans Muscle Fest Pro Men’s Bodybuilding de 2019. McMillan competiu em cada Arnold Classic desde 2013, com sua melhor classificação em 2018, quando ficou em terceiro lugar. Além de sua vitória no Arnold Classic Ohio em 2017.

Bella também explicou o por quê dessa escolha.

“McMillan une os ideais da marca, pois sempre tentamos nos associar à atletas de credibilidade unânime, mas ele também trouxe um quê a mais: O militarismo”

Obviamente que nesse React, conseguimos entender e conhecer um pouco mais do atleta. Cedric McMillan é uma pessoa muito criteriosa com suas escolhas, principalmente quando se trata do seu relacionamento com a mídia. Para terem idéia, ele nunca concedeu qualquer entrevista para qualquer veículo de mídia em nosso meio. Inclusive o próprio Generation Iron Internacional, tem dificuldades em ter uma oportunidade como essa.

Então aproveitamos essa oportunidade e destrinchamos a nossa entrevista em três partes. Aonde todos nós amantes do fisiculturismo teremos a oportunidade de conhecer um pouco mais dessa atleta tão complexo, principalmente quando se trata da sua personalidade.

Para mais notícias e atualizações, siga Generation Iron Brasil em nossas redes sociais como Instagram, Facebook e Twitter.

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui