Perdendo Gordura

Para nós, entusiastas do fitness, treino de musculação e alimentação saudável está no topo da nossa lista de prioridades. O corpo humano pode ser uma excelente máquina se usado corretamente. Mas como fisiculturistas, nós sabemos que todo o treino do mundo não vai trazer a mesma satisfação se você não tiver como mostrá-lo. Existem métodos científicos por trás da perda de gordura e nós vamos te dar todas as ferramentas que você precisa para customizar a sua própria rotina de queima de gordura. Não existe apenas uma forma de perder gordura, principalmente para fisiculturistas.

Essa é uma grande parte do fisiculturismo, mas se você não consegue achar um meio termo entre a estética e o tamanho, você vai sempre se sentir incompleto. O principal obstáculo entre a maior parte dos fisiculturistas e essa proporção perfeita é a gordura. A gordura pode ser o que está separando tudo o que você conquistou com muito suor de ver a luz do dia. Mas, quanto longe você está, e o que você precisa fazer para parecer com aqueles físicos tão secos que vê na Internet? Perder peso e aquela gordura teimosa da barriga enquanto preserva massa muscular é uma tarefa de 24 horas por dia, 7 dias por semana. É necessário comer comidas mais saudáveis em quantidades calculadas, treinar pesado na academia e dormir mais do que o que você está dormindo agora. Aqui está o que você precisa saber sobre como queimar gordura. Apresentamos o guia completo abaixo.

Muito se fala sobre gordura corporal, mas o problema é que pouco é mostrado como realmente a gordura parece numa pessoa. Com certeza você sabe como 5-10% parece, esse é o intervalo para a maior parte dos modelos fitness. Mas e sobre a parte não tão atraente desse assunto? O começo, antes da gordura começar a ir embora?

5-9%

Você é um Deus. Sério, esse é o intervalo em que você provavelmente serviria como modelo para uma escultura na Roma Antiga (Alguém conhece Michelangelo?). Sua definição e vascularização são inspiradoras e todos os músculos do seu corpo estão em alta definição.

Como chegar lá?

“Genética”. Sim, nós sabemos que essa é a resposta que você gostaria de escutar para usar como desculpa, mas a verdade é que chegar nesse nível é preciso muito TRABALHO DURO… me desculpem. Se você está nesse nível ou você é pago para isso ou você deveria ser pago. Você sacrificou refeições livres, você está numa dieta restrita que envolve eliminar certos macronutrientes, provavelmente baixo carboidrato, e toda refeição é planejada. Sorvete? O que é isso? Fato é que perder gordura é uma ciência com muitas nuances e, portanto, existem muitas dietas diferentes.

10-15%

Você com certeza tem um abdômen trincado e vascularização aparente. Você tem a pele fina e está seco, só não tão seco quanto a categoria acima.

Como chegar lá?

Mantenha-se em uma dieta restrita, conte as calorias que entram e as que saem do seu corpo, coma limpo a maior parte da semana e só então dê uma escapada. Refeição livre? Sim. Dia livre? Não. Esse intervalo flutua entre 9-12% já que não é tão rígido quanto o grupo dos 5%.

16-20%

Na parte mais baixa desse intervalo, você tem alguma vascularização e definição em alguns lugares, mas a parte baixa do abdômen provavelmente não está aparecendo como você gostaria. Na parte de cima, talvez a parte de cima do abdômen esteja aparecendo, mas não é possível ver cortes nos bíceps e tríceps. Você não tem aquele “corpo de pai”, mas, com certeza, tem gordura escondendo seu físico.

Como chegar lá?

Esteja atento à saúde eliminando os principais vilões, como frituras, hambúrgueres, açúcares simples, mas, ao mesmo tempo, você ainda pode tomar uma cerveja com os amigos no final de semana. A regra 80-20 provavelmente é a melhor estratégia, dependendo do metabolismo.

Enquanto muitos fisiculturistas lutam para ter o menor percentual de gordura possível, você precisa se lembrar que em determinado grau, gordura é bom. O seu corpo precisa de pelo menos 3% de gordura corporal para o funcionamento dos seus órgãos. Um bom guia sobre o percentual de gordura é a chave para atingir seus objetivos. Isso significa que a maior parte dos fisiculturistas vai se manter entre 10-20% para parecer seco e ainda assim se sentir forte. No final das contas, é com você, é possível ser saudável nos três intervalos mostrados acima.

 

Tente Jejum Intermitente

Uma das dietas que mais cresceu em popularidade no mundo saudável/fitness é o jejum intermitente, normalmente abreviado como JI (IF – intermittent fasting). Nós todos sabemos que jejum se refere à abstinência de comida, mas e o que isso significa?

Existem vários protocolos de jejum intermitente. Alguns incluem dias alternados de jejum, em que você simplesmente jejua a cada dois dias e come normalmente no dia que não está jejuando. Outro tipo de jejum intermitente é a Dieta do Guerreiro, que é quando você jejua o dia todo e come todas as suas calorias de uma vez só.

Apesar de todos os diferentes protocolos, a forma mais convencional usada no fisiculturismo e no fitness é o protocolo 16:8, também conhecido como janela de alimentação. Trata-se de jejuar por 16 horas e depois ter uma janela de 8 horas para comer, na qual você consome suas calorias diárias. Já que essa é a forma mais popular, vai ser esse o significado de quando usarmos a abreviação “JI”.

Vale destacar que o JI não é um tipo de dieta, mas sim um padrão alimentar. O objetivo é consumir as mesmas calorias e os mesmos macronutrientes que você consumiria se você estivesse seguindo uma programação de refeições tradicional. O único aspecto que é modificado é a frequência de refeições, não a qualidade ou quantidade.

O período de jejum e da janela de alimentação é totalmente individual e é por isso que essa dieta é tão popular. Permite que as pessoas programem sua alimentação conforme sua rotina, e não sejam forçadas a ter refeições menores e mais frequentes, o que é mais comum de se ver sendo promovido.

Essa teoria de maior frequência de refeições vem do mito de que comer com maior frequência refeições menores vai aumentar o seu metabolismo, fazendo com que você queime mais calorias em repouso. Isso simplesmente não é verdade. O que mais importa sobre nutrição em termos de composição corporal é o total de calorias consumidas e não a frequência que você come.

Termogênicos

Além de uma dieta bem ajustada e do período de jejum, termogênicos são comprovadamente aceleradores da perda de gordura por aumentarem o metabolismo, reduzir compulsões alimentares e aumentar a energia intra treino. Os melhores ainda vão além, protegendo do catabolismo muscular e ajudando a preservar massa magra.

O termogênico certo pode acelerar o metabolismo, aumentar a mobilização de gordura estocada (para ser usada como energia), lutar contra fome e compulsões alimentares, reduzir o catabolismo muscular, aumentar massa magra e mantê-lo saudável.

Apesar de não existir pílula mágica, os melhores termogênicos combinam substâncias de alta qualidade, ingredientes naturais e uma boa reputação. Nossa lista dos termogênicos mais recomendados avalia, busca e testa marcas para certificar que você vai ter o que está no rótulo e nada mais. Teste de pureza, qualidade e segurança para atestar que você tem o melhor termogênico nas mãos para perder gordura ou melhorar o seu físico de forma geral. Ainda mais importante é ter um laboratório para testar os ingredientes dos suplementos para verificar se são naturais, sem aditivos ou sintéticos.

O que é mais importante? Beber nos dias de jogo

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui