Bodybuilding e outros esportes que passam pelo doping irão vivenciar grandes mudanças devido às novas leis chinesas.

De acordo com declarações recentes, novas leis na  China vão entrar em vigor em Janeiro de 2020 que vai mudar completamente o mercado negro dos laboratórios ilegais de drogas. Esses laboratórios traficam anabolizantes através das fronteiras da China, e abastecem atletas por todo mundo.

Em 18 de Novembro, a Suprema Corte do Povo publicou uma nota de ” Interpretação em Vários processos em relação à aplicação da Lei em casos de contrabando ou tráfico de artigos ilegais ou o uso ilegal de estimulantes”. Esse conjunto de leis irá entrar em vigor em 1 de Janeiro de 2020.

Então o que isso significa? De acordo com as novas leis, a questão da condenação e prisão será sentenciada de acordo com o nível de doping das substâncias. Ou seja, que haverá diferente níveis de condenação de acordo com a lista de substancias ilegais traficadas. Essa lei também prevê que a substancia também é comercializada ilegalmente, os traficantes serão condenados e punidos.

Essas mudanças também preveem que o uso das substancias listadas também levará à condenação. Atletas que forem constatados o uso de substancias ilegais em seus exames também serão condenados e punidos por burlar o sistema.

Com essas novas regras, toda matéria-prima que vem circulando o globo através das fronteiras chinesas e abastecendo os laboratórios ilegais, agora se tornará mais difícil de se proliferar – e ainda mais arriscado fazer uso das substâncias. Teoricamente, isso vai diminuir a circulação de anabolizantes perigosos entre atletas e bodybuilders.

Será que essa medida vai parar o tráfico? Provavelmente não, pois o tráfico de qualquer substância ilegal é quase impossível de se controlar. Mas talvez seja o início de uma nova era no bodybuilding e nos esportes como um todo. One that pulls away from a seemingly dangerous path filled with much too young deaths as we’ve heard reports of over the years.

Para aqueles interessados nos detalhes legais por trás dessa medida, você pode ler a tradução da lei do mandarim para o inglês (tradução não oficial) aqui.

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui