Já estamos na contagem regressiva para Mr. Olympia 2018.

O meio da temporada já está batendo à porta e a segunda semana de setembro vai chegar num piscar de olhos. Ainda há alguns shows que podem classificar para a categoria Men’s Bobybuilding OPEN.

 

 

Mas obviamente, já temos os atletas que dominam esse palco há algum tempo. Os cinco primeiros do ano passado já ficam automaticamente classificados para o Mr. Olympia seguinte.

Dexter Jackson sempre está na disputa com os favoritos, após ganhar o Mr. Olympia 2008 de Jay Cutler, sempre se posiciona bem com seu condicionamento característico.

Dexter Jackson, Arnold Australia 2015

Phil Heath vai em busca do seu oitavo título. Após uma fase de críticas, passou por uma cirurgia de hernia e já está recuperado pronto para bater o recorde do lendário Ronnie Coleman, sem ter problemas em segurar a linha abdominal.

Phil Heath, a 13 semanas do Mr. Olympia 2018

Mas tem pela frente um grande desafiante, Big Ramy representante do camel crew, há algumas provocações de Bader Boodai no instagram insinuando que Big Ramy perdeu apenas no duplo biceps de costas.

Ramy e Heath, Olympia 2018 (post Bader Boodai)

Big Ramy tem um histórico meteórico. Ganhou o Arnold Espanha; em seguido levou o NYPRO por dois anos seguidos e ano passado surpreendeu com seu segundo lugar no Mr. Olympia; portanto, não vai ser nada fácil para Phil Heath, o egípcio não vai sair dessa sem uma boa disputa.

Big Ramy, Olympia 2018

Outra ameaça é Shawn Rhonden, sempre bateu de frente com Phil Heath e não podemos desconsiderar a força que esse Campeão do Arnold Classic Europa tem nos palcos.

Shawn Rhoden

William Bonac também está na elite dos bodybuilders, ganhou o Arnold Ohio 2018. Pode ter certeza que ele será notado diante de qualquer outro competidor.

Phil Heath e Bonac, Mr.O 2018

Roelly Winklaar venceu recentemente o Arnold Classic Australia e foi muito elogiado por sua performance. Já está controlando muito melhor sua região abdominal e, também melhorando seu condicionamento mantendo todo seu volume muscular que é impressionante. Ele não estará no TOP3, mas pode ser uma ameaça as demais colocações, como derrotou Dexter Jackson no Arnold Australia, um dos maiores vencedores de Arnold de todos os tempos.

Roelly Winklaar, Arnold Classic Australia 2018

Phil Heath mostrou sua agressividade e competência nos palcos de 2017, mesmo enfrentando o problema de distensão abdominal devido à duas hernias umbilicais e, agora com o problema resolvido, tenha certeza que ele irá encurralar qualquer outro atleta que queira derrotá-lo.

Phil Heath e sua noiva Shurie, Olympia 2018

Então vamos acompanhar essa batalha nos palcos de Las Vegas e pode ter certeza que Generation Iron estará presente.

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui