Empresário Will Jardim explica a importância das redes sociais para a carreira dos atletas de bodybuilding.

Vivemos em uma nova era, em que os atletas não tem mais garantia de contratos ou parcerias por conta de seus resultados nos palcos. Sabemos que muitos, inclusive atletas, não são a favor desse tipo de política, mas também não há como negar a independência e autoridade que as redes sociais proporcionam. Muitas vezes, os opositores estão nessa posição por não saber lidar com as mesmas, por isso tivemos a oportunidade de nos consultar com um expert no assunto: William Jardim

 

View this post on Instagram

 

A post shared by William Jardim (@will.jardim)

 A criação de conteúdo nas redes sociais é a melhor forma de intensificar a autoridade do expert no seu nicho de trabalho. Com os atletas de bodybuilding não poderia ser diferente! Aliás, é justamente essa “autoridade percebida” que vai diferenciar aquele atleta que consegue bons patrocínios daqueles que têm dificuldades em fechar parcerias.

Com a evolução do mercado e a forma de consumir conteúdo pelas pessoas, os atletas tiveram que se adaptar a essa nova realidade. Obter títulos, ser campeão, ter um físico bonito já não são as principais variáveis que vão garantir o sucesso na carreira dos atletas. Isso explica, muitas vezes, diversos atletas com títulos importantíssimos porém com dificuldades financeiras.

É uma nova realidade! Ou você se adapta ou está fora do game! As 3 maiores redes sociais, em relação ao número de usuários são: Facebook com 2.7 bilhões de usuários, Youtube com 2.2 bilhões de usuários e o Instagram com 1.2 bilhões de usuários. Não existe a melhor ou pior rede social para o atleta investir, o ideal seria que pudesse trabalhar as mais variáveis formas de se comunicar com o público, mas na prática isso acaba sendo muito difícil – principalmente quando esse atleta não possui um empresário e/ou uma pessoa que pensa estrategicamente como a imagem dela.

O Youtube

Mas se tem uma rede social que todo atleta e/ou pessoa que quer viver do mercado fitness deve investir é o Youtube. O Youtube é uma plataforma de compartilhamento de vídeos e é a segunda maior ferramenta de busca na internet que existe no mundo.

  • Uma das principais vantagens em produzir conteúdo no Youtube e que difere das outras redes sociais, é que seu vídeo pode ser visto por anos – desde que tenha a busca pelos usuários na Internet. No Instagram por exemplo, o conteúdo que você produziu hoje talvez não tenha mais relevância no dia seguinte, no Youtube não. Dependendo do tema e da abordagem que você fizer, aquele vídeo será visto por anos.

Produzir conteúdo no Youtube eleva de forma exponencial a autoridade percebida daquele atleta. Você é bom no que você faz? Sim? Ok, mas quem sabe disso? Produzindo vídeo você consegue passar uma imagem que domina determinado assunto – mesmo que esse conteúdo seja falando das suas experiências e resultados. Acredite, quem se posiciona no Youtube é visto com outros olhos pela audiência e principalmente pelas empresas que podem ter interesses em fazer parcerias.

  • Eu não poderia deixar de falar que o Youtube é uma forma super interessante de ganhar muito dinheiro. Quanto mais “views” você tiver, mais receita você vai receber do youtube. O quanto você vai receber depende de vários fatores, dentre eles o tipo de conteúdo você produz, frequência, engajamento da sua audiência, entre outros.

“Tenho clientes que mensalmente faturam em média de 7 a 10 mil dólares por mês, somente dos valores que a plataforma paga para o canal. Mas se eu te falar que isso é apenas a ponta do iceberg? Veja a terceira vantagem.” declara will

  1. Um canal no Youtube com audiência é uma poderosa ferramenta para o atleta fechar novos patrocínios, por exemplo. Uma empresa se interessaria muito em expor seus produtos para um público engajado e que consome tais produtos! Além disso, o atleta pode utilizar o Youtube como uma ferramenta para vender os seus próprios produtos e serviços como: consultorias de treino, produtos digitais, produtos de outros experts sendo afiliado por exemplo, etc.

Vai virar uma bola de neve.

Portanto é necessário que o atleta se organize e entenda que produzir conteúdo é tão importante quanto ganhar os títulos e ter um físico que chame atenção. Assim como uma preparação para um campeonato, produzir conteúdo exige disciplina e estratégia para colher os resultados.

Muitas pessoas podem indagar

MULHERES FITNESS INVESTINDO NO YOUTUBE

Jardim tem o privilégio de trabalhar na produção estratégica de conteúdo de duas das maiores influências fitness femininas do mundo. Vivi Winkler e Angela Borges

Vivi Winkler é campeã Welness do Arnold Classic Brasil – um dos campeonatos mais importantes da indústria fitness. Ela possui mais de 3.6 milhões de seguidores no Instagram e é considerada a maior musa fitness do mundo. Com um ano de trabalho ultrapassamos 280 mil inscritos no canal e já colhemos ótimos frutos desse projeto. Além de benefício para nós, as empresas vinculadas a imagem dela ganham muito com isso. Seus vídeos são vistos por mais de 6 milhões de pessoas todos os meses.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Vivi Winkler 🇧🇷 (@viviwinkler)

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Angela Borges (@angelaborgeswellness)

Existe muita estratégia na produção de conteúdo no Youtube, mas uma das coisas mais importante é que não se perca a real identidade da influencer. A Vivi é uma pessoa super divertida e espontânea – o que é muito interessante para produzir conteúdo nessa rede! Costumo dizer que o “grande segredo” é oferecer informação de valor com uma dose de entretenimento, sempre!

Recentemente Angela Borges também o procurou, pois quer mergulhar de cabeça na produção de conteúdo no Youtube. Angela Borges é atleta Wellness Profissional, 3x campeã mundial e já ganhou 7x o Arnold Classic. Além disso, sua carreira soma 60 títulos de campeã wellness. Em outubro desse ano é uma das mais cotadas para ganhar o maior campeonato do mundo, Mr Olympia em Orlando/FL.

Então teremos a oportunidade de ver o resultado de uma junção de duas forças: Will Jardim e Angela Borges. E vocês acham importante o Youtube na carreira de um atleta? Deixe abaixo o seu comentário.

Para mais notícias e atualizações, siga Generation Iron Brasil em todas as redes sociais.

 

1 comentario

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui