Mais um show de grande sucesso sob os comandos dos irmãos El Guindy.

O MuscleContest em Los Angeles, sonhou em realizar e ousou ao executar. Um grande evento que marcou o debut da categoria wellness nos Estados Unidos. Uma categoria que se iniciou no Mr. Rio no Tijuca Tênis Club.

Lembro-me como se fosse hoje que o meu primeiro contato com o esporte de palco, ou seja, assistir a um show de fisiculturismo foi através dessa categoria. Não que eu tivesse intenções de competir, mas me admirava muito a beleza da mulher carioca e sua dedicação na academia.

Eu, Aretha, paulista de nascimento e de criação nordestina nunca dantes havia convivido com mulheres torneadas ao extremo! Leia dessa forma, no início da segunda década desse milênio não era comum ver tantas mulheres com pernas e glúteos tão trabalhados. A curiosidade bateu à porta e pude admirar de perto um esquadrão de beldades prontas a subir aos palcos.

Qualquer mulher ao vive isso já se inspira! É esse o meu objetivo, é esse o corpo que eu quero. Obviamente, com o advento das redes sociais esse sonho passou a ser MUNDIAL! Boa parte das mulheres gostariam de alcançar esse físico. Muitos anos se passaram e fomos vendo a categoria aflorar e fincar raízes através do Arnold Classic Brazil, que na época acontecia no Rio e dominar todos os campeonatos regionais do país.

A popularização foi imediata, outras beldades em países vizinhos surgiram, todo o mundo latino queria ser uma musa wellness. Mas além do reconhecimento das massas era preciso uma confirmação da federação, era necessário a profissionalização!

Logo quando a NPC chegou ao Brasil as dúvidas foram esclarecidas. A categoria permaneceria no Brasil e poderia sim tomar o mundo e quiçá o Olympia em Vegas. Logo vieram os campeonatos amadores e, agora inauguramos uma nova era! A categoria wellness está oficialmente incluída no calendário internacional.

Como fruto dessa longa jornada, muitas brasileiras foram prestigiar o primeiro campeonato de wellness nos EUA. Aline Barreto, Isa Pereira, Isamara e Karen Brandão foram aos palcos estadunidenses colocar sua experiência e conhecimento na categoria à prova.

Algumas disputaram entre si, como Aline Barreto e Isa Pereira em suas categorias, aonde Isa levou o primeiro lugar e Barreto ficou em segundo. Foi um grande retorno para Aline depois de uma longa história de vitórias no Arnold e também um grande prazer em saber que a campeã voltou!

Obviamente a disputa do overall foi também celebrada por duas guerreiras: Karen Brandão e Isa Pereira. É sempre muito importante lembrar que ser avaliada por juízes internacionais eleva o grau de dificuldade e também abre um leque de incertezas uma vez que foi a estréia da categoria.

https://www.instagram.com/p/B7wV5QRBz56/

https://www.instagram.com/p/B7yg7ZohKJb/

Pereira levou a melhor entre todas as disputas pois se inscreveu na categoria novice, estreantes e senior. Acabou vencendo o overall de todas e foi oficialmente ovacionada como o padrão da wellness.

https://www.instagram.com/p/B7ycvZ7lAMT/

Agora é buscar o cartão profissional, pois daqui a 3 semanas teremos o Olympia na Colombia aonde a disputa não será fácil e irá condecorar a primeira wellness profissional da IFBB Pro League. Vamos torcer! Que venha para o Brasil!

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui