Tendinite na musculação

Quem treina com certeza ja ouviu falar a palavra TENDINITE, e se não conheçe alguem que teve ou tem esta lesão é mentira, pois é uma das lesões mais comuns não só dentro do esporte como presente no nosso cotidiano.

O QUE É TENDINITE?

A palavra tendinite vem de inflamação do tendão, um tendão é um tecido que liga, conecta, um músculo ao osso, este tecido é flexível, resistente e pode suportar a tensão.

Os tendões são como cordões duros e fibrosos que unem os músculos aos ossos. Os tendões saudáveis são feitos de fibras retas e paralelas de colágeno.

Tendões e músculos trabalham juntos e exercem uma força de tração, ou seja com tendinite a mobilidade estará comprometida.

Tendões e ligamentos são resistentes e fibrosos, mas são conhecidos como tecidos moles, porque são moles em comparação com o osso. Mesmo sendo fortes e resistentes podem sofrer micro lesões.

COMO OCORRE?

A tendinite é uma inflamação dolorosa de um ou mais tendões que muitas vezes aparece devido movimento excessivo ou em más condições de trabalho.Isso acontece quando uma pessoa sobrecarrega de cargas ou movimentos, e agride um tendão, por exemplo, durante o esporte.  Quando a tendinite “ataca” dizemos ser uma lesão aguda, há um aumento de dor, queimação , com inflamação.

TENDINITES COMUNS NA MUSCULAÇÃO

Na musculação as lesões por tendinites mais comuns são no cotovelo, as famosas epicondilites, nos punhos vemos tendinite associada a “síndrome do túnel do carpo”,  ombos “manguito rotador”, tendinite no bíceps e nos joelhos a tendinite patelar , mas também pode afetar outras partes do corpo. A tendinite pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum entre os adultos que praticam muito esporte. As pessoas mais velhas também são suscetíveis, porque os tendões tendem a perder elasticidade e se tornam mais fracos com a idade. Muitas vezes a tendinite pode ser consequência de outro problema como desequilíbrio postural por exemplo, ou vir associada a outras patologias como bursite, artrite, artrose… que falaremos mais posteriormente.

Sem tratamento adequado, a tendinite pode resultar mais facilmente numa tendinose ou na ruptura do tendão. Esta é uma condição mais grave que pode precisar de cirurgia.

A tendinose ocorre quando os tendões degeneram, o que significa que eles começam a se  romper.

Os sintomas podem ser aliviados basicamente com ações anti-inflamatórias e repouso. Um médico pode muitas vezes distinguir entre tendinose (tendões degenerados) e tendinite (tendões inflamados) através de uma avaliação com exame da varredura da área afetada usando uma técnica de diagnóstico simples de imagem como ultra-sonografia ou ressonância magnética (MRI)

Tratamento

O tratamento visa aliviar a dor e reduzir a inflamação.

✔️Descansar a articulação envolvida,

✔️Aplicar gelo local em fase aguda

✔️Aplicar calor e frio na fase crônica

✔️Medicamento analgésico e anti-inflamatórios prescritos por médico,

✔️Fisioterapia

 

O que o Fisioterapeuta pode fazer?

✔️ Manipular e massagear associando com tecnicas de liberação miofascial a área afetada para proporcionar alívio e acelerar o processo de cicatrização. (Veja mais em @mo.fisio.fitness no Instagram)

✔️ Utilizar recursos com aparelhos (TENS, Ultrasom , Laser, etc)

✔️Massagens com termoterapia, por exemplo movimento com aplicação de gelo local.

✔️Recomendar exercícios específicos, para alongar  e fortalecer o tendão e os músculos afetados.

✔️Indicar terapia complementar, como acupuntura, ventosa, bandagens, Terapia de choque ou encaminhar ao médico para uma possivel avaliação  de cirurgia.

Espero que tenha ajudado!!!

Veja mais no instagram @mo.fisio.fitness,

Bons treinos!

Dra Monica Rivero 

Compartilhar

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui