UFC 274 Oliveira vs Gaethje, Namajunas vs Esparza 2 Resultados

UFC 274 foi Imperdível!

Neste sábado aconteceu o UFC 274 com lutas intensas no evento principal e co-principal. O campeão peso-leve Charles Oliveira contra Justin Gaethje foi o combustível  necessário para incrementar o evento principal. Cada homem emprega um estilo de pressão e nenhum deles recuará de um tiroteio. O co-evento principal apresentou a campeã peso-palha Rose Namajunas em uma revanche com a ex-rainha da divisão Carla Esparza. Quem venceu no UFC 274? Vamos dar uma olhada mais de perto.

Charles Oliveira x Justin Gaethje

A luta pelo cinturão dos leves entre Charles Oliveira e Justin Gaethje certamente rendeu incrível comemoração para nós brasileiros. Os dois veteranos testados em batalha, sem dúvida, se envolveram em uma batalha em pé, pelo menos nas partes iniciais da luta. Apesar de Gaethje chamar Oliveira de covarde e desistente, o campeão tem um leão dentro de si e uma vontade de se jogar em combate. Gaethje tem uma capacidade semelhante de se distanciar da cautela e levar a batalha para seu oponente.

Com o maior número de finalizações na história do UFC, você pensaria que Charles Oliveira seria um artista de quedas. Em vez disso, é a habilidade de ataque de Oliveira que muitas vezes força seus oponentes a se atirar para uma queda ou forçá-los a cometer um erro para iniciar uma troca de wrestling de características próprias. Oliveira determina o ritmo e tem um estilo agressivo que muitas vezes força os adversários no pé de trás. Por ser uma ameaça no submission, os oponentes geralmente se veem evitando uma batalha no chão com o mago do jiujitsu.

Justin Gaethje, sem dúvida, buscou abraçar uma batalha de igual para igual com o campeão. Gaethje procurou usar as trocas violentas como uma oportunidade de contra-ataque. Oliveira tem um jab brilhante, mas muitas vezes deixa a cabeça na linha deixando-o aberto no overhands por cima. Também o deixará pesado na perna da frente. Gaethje tentou aproveitar essas oportunidades para cortar a perna da frente do campeão e pular por cima com um contra-ataque cruzado / overhand.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by UFC (@ufc)

 

 

 

Regras são regras, mas Charles Oliveira definitivamente se sentiu derrotado durante a pesagem. Após o incidente que tirou sua chance de manter o cinturão, o próprio Oliveira disse que houve jogo sujo porque ele bateu o peso na noite anterior, e não comeu nada até a pesagem do dia seguinte. Mas nada abalou Chales em seu resultado.

Mas como estas são as regras do UFC, Charles não conseguiria manter o título mesmo que vencendo no octógono. Como não tinha mais nada a perder, Oliveira entrou no primeiro round com tudo que tinha. Justin Gaethje cometeu um erro terrível duas vezes durante os minutos iniciais, ele ficou confiante depois de bater Charles duas vezes no espaço de um minuto. Grande erro que lhe custou o título apenas momentos depois.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Charles Oliveira (@charlesdobronxs)

Como é regra no UFC, não bater o peso e vencer a luta deixa o cinturão vago, mas garante a Oliveira a chance de vencê-lo contra um novo adversário na próxima chance que tiver. Ele caminhou até Dana White para trocar palavras e pudemos dizer que o presidente afirmou repetidamente que não bateu.

No entanto, até Dana reconhece que Oliveira é indiscutivelmente o melhor peso leve do mundo no momento. Michael Chandler poderia ter outra chance pelo título desta vez, especialmente depois de seu chute vicioso direto no rosto de Tony Ferguson. Por enquanto, o título dos leves ficará vago até que Oliveira tenha outra chance de conquistá-lo e bata o peso na próxima vez.

Rose Namajunas x Carla Esparza 2

Esta revanche temos esperado há anos. Quando Rose Namajunas e Carla Esparza se encararam pela primeira vez no octógono, foi em circunstâncias muito diferentes. Esparza era um veterana de onze lutas com um forte pedigree no wrestling, tendo lutado contra adversárias de alto nível. Namajunas, por outro lado, foi a jovem e talentosa iniciante que entrou em cena com uma tonelada de promessas, mas apenas três lutas em sua carreira.

Tanto Rose Namajunas quanto Carla Esparza lutaram no torneio Ultimate Fighter 20 para ver quem seria coroado o campeão inaugural dos pesos-palha. Ambas as mulheres arrasaram na competição e acabaram se encontrando nas finais. Mas seria Esparza quem sairia por cima com um mata-leão de Namajunas. Anos depois as duas se reencontram desta vez com Namajunas como campeã e Esparza como desafiante.

Rose Namajunas melhorou muito desde o primeiro encontro, aprendendo mais paciência e evoluindo seu estilo marcante. Carla Esparza melhorou a si mesma, mas seu estilo permaneceu praticamente inalterado. Esparza quer derrubar sua oponente e chover golpes contínuos. Namajunas prefere separar seu oponente com golpes optando por mudar as coisas conforme necessário.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by UFC (@ufc)