Brasileiro viciado em óleo mineral apresenta físico perturbador.

A angústia de uma disfunção de sua imagem, insatisfação constante com o corpo são os principais sintomas da vigorexia; um desequilíbrio psicológico que poucos sabe ou realmente entendem. O termo serve para descrever esses indivíduos que se vêem menores do que realmente são e buscam constantemente qualquer alternativa que os deixe maior.

Alguns buscam um incessante forma de construir mais massa muscular através de exercícios, dietas, cirurgias outros buscam um caminho mais curto, buscando métodos obscuros para aumentar o volume sem medir as consequências.

Aí que entra o usuário de synthol, ou sua forma mais barata o óleo mineral.

Usuários de synthol são aqueles que injetam em seus músculos óleos sintéticos para aumentar o tamanho do seu corpo sem passar pelo sacrifício de dieta e treino. Para alguns pode ser o trevo da sorte de aparentar maior sem qualquer esforço, mas na realidade não chega a ser o resultado esperado.

Uma das presenças do nosso próximo documentário: VIGOREXIA, o brasileiro viciado em synths Valdir Segato mostra como ele atingiu seu resultado e dá detalhes da sua trajetória.

Não há nada de que se orgulhar quando se toma essa prática como corriqueira: injetar synthol em seu próprio corpo. Enquanto injetar qualquer óleo sintético seja mais fácil do que realmente buscar o shape através do esforço, os resultados são um corpo completamente disfigured pelo excesso de synthol. Mas quem sofre de vigorexia não consegue ver a realidade do seu corpo, é importante entender que usar esse atalho é apenas uma forma de adquirir problemas de saúde a longo prazo.

Compartilhar

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui