A vitamina da Luz Solar dentro do Bodybuilding.

Nos tempos dourados do bodybuilding, Arnold e Franco Columbo sempre eram vistos tomando sol nas praias de Venice. Hoje em dia, as pessoas já possuem o Pro Tan e outros métodos artificiais para escurecer o tom de pele, mas muitos atletas estão se esquecendo de buscar a fonte de vitamina D. A deficiência de Vitamina D é um problema de saúde mundial. Com todos os avanços da medicina em nosso século, a deficiência de Vitamina D ainda é uma epidemia. Mais de um bilhão de pessoas pelo mundo tem insuficiência ou deficiência de Vitamina D. A Vitamina D, também conhecida como a “Vitamina do Sol”, é um anabolizante com ação hormonal. Ele regula mais de 200 funções genéticas em todo corpo essenciais para crescimento e desenvolvimento.

Há duas formas de vitamina D. A vitamina D2 (ergocalciferol) e a vitamina D3 (cholecalciferol). A quantidade de Vitamina D depende da produção de Vitamina D3 sob a pele peak influência da radiação do sol e a vitamina D consumida através de dieta e suplementos. Frequentemente de 50% a 90% da Vitamina D é produzida através da exposição aos raios solares e o restante vem da dieta. Uma dieta regular geralmente tem pouca vitamina D. Tradicionalmente o sistema da Vitamina D começa através da pele, não através da boca. Portanto, uma importante fonte de Vitamina D são as gemas dos ovos, gordura de peixe, produtos derivados do leite e fígado.  Para entender a importância da Vitamina D ela é o principal fator dos ossos e do cálcio no metabolismo, a deficiência de vitamina D tem sido relacionada à diversos problemas de saúde inclusive arteriosclerose. A Vitamina D é importantíssima para o funcionamento endothelial das células e vasos sanguíneos. Com baixos níveis de Vitamina D, essas células ficam mais suscetíveis à danos e disfunções que pode levar a arteriosclerose e calcificação arterial.

Vitamina D auxilia a função erétil 

Demonstrado a conexão entre vitamina D e arteriosclerose, pesquisadores italianos conduziram um estudo em 143 homens com disfunção erétil (DE). Os homens foram examinados através de ultrassom buscando níveis de arteriosclerose peniana e através de exames sanguíneos em busca dos níveis de vitamina D3. Cinquenta homens foram classificados com arteriosclerose DE, 28 estavam no limite e 65 não apresentaram arteriosclerose DE. A média de vitamina D apresentada foi  21.3?ng/mL e 45.9% dos homens tinham deficiência em vitamina D (<20?ng/ml). Apenas 20.2% apresentou níveis de vitamina D maiores que vitamin D 30 ng/ml. Os resultados apresentaram que a maioria dos homens com baixo nível de vitamina D tinham uma DE mais severa diferente daqueles que tinham uma leve disfunção erétil. A deficiência de vitamina D era muito pior naqueles com arteriosclerose peniana do que outros com DE devido à outros fatores. Esses resultados apenas indicaram a conexão entre baixos níveis de vitamina D e DE. Reestabelecendo ótimos níveis de D3 você pode ter uma melhor funcão endothelial e reduzir/previnir a DE. Além disso a DE, com baixos níveis de vitamina D tem sido associada à redução de testosterona e outros genes anabólicos.

O papel da Vitamina D na construção muscular

Tecnicamente a Vitamina D não é uma vitamina e um ingrediente essencial de sua dieta. Vitamina D é na verdade um pro hormonal, produzido em nossa pele. Assim como as vitaminas tradicionais, a vitamina D tem seu próprio receptor hormonal (VDR). VDRs são encontrados em pelo menos 36 órgãos do nosso corpo. Para melhor esclarecimento, para a vitamina D ter um melhor efeito anabólico, pesquisadores passaram a analisar in vitro células musculares, insulina, leucina e vitamina D. O foco desse estudo foi o mTOR anabólico sinalizando o caminho para as células musculares. Sabe-se que a insulina facilita o caminho para o interior das células. Sabe-se muito bem que a insulina também é um veículo para o ativar o mTOR, particularmente altos níveis de insulina. A Leucina é um ativador direto do mTOR que pode facilmente “transformar” a síntese proteica em células musculares. Esses pesquisadores pegaram células musculares e as expuseram a leucina e insulina, ou leucina, insulina, e vitamina D.  Resultados demonstraram que a inclusão da vitamina D à insulina e a leucina melhoraram significativamente o mTOR para síntese proteica. Os autores concluíram que a Vitamina D tem o potencial de alterar a síntese proteica dentro das células musculares. Adicionalmente, muitos outros estudos descobriram que baixos níveis de vitamina D são associados a baixos níveis de testosterona. Outro estudo demonstrou que homens saudáveis quando tomam 3332 IU’s de vitamina D or dia durante um ano, eles acabam aumentando seus níveis de testosterona em 25,2% comparados aos que tomaram placebo. Tomar sol pode ser muito mais do que apenas relaxar, pode ser anabólico para qualquer bodybuilder!

Fontes:

Barassi A, Pezzilli R, Colpi GM, Corsi Romanelli MM, Melzi d’Eril GV. Vitamin D and erectile dysfunction. J Sex Med. 2014 Nov;11(11):2792-800.

Salles J, Chanet A, Giraudet C, Patrac V, Pierre P, Jourdan M, Luiking YC, Verlaan S, Migné C, Boirie Y, Walrand S. 1,25(OH)2-vitamin D3 enhances the stimulating effect of leucine and insulin on protein synthesis rate through Akt/PKB and mTOR mediated pathways in murine C2C12 skeletal myotubes.Mol Nutr Food Res. 2013 Dec;57(12):2137-46.

Wehr E, Pilz S, Boehm BO, März W, Obermayer-Pietsch B. Association of vitamin  D status with serum androgen levels in men. Clin Endocrinol (Oxf). 2010 Aug;73(2):243-8.

Pilz S, Frisch S, Koertke H, Kuhn J, Dreier J, Obermayer-Pietsch B, Wehr E, Zittermann A. Effect of vitamin D supplementation on testosterone levels in men.  Horm Metab Res. 2011 Mar;43(3):223-5.


Robbie Durand has been in the sports supplement and  bodybuilding industry for 15 years. He has contributed to many national magazines and web sites. He has an M.A. in exercise physiology from Southeastern University and a B.A. in Dietetics from Louisiana State University. 

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui