Lee Priest foi gravado sendo racista mais de uma vez.

Lee Priest mais uma vez ultrapassou os limites. Em uma recente entrevsita, Lee Priest colocou uma máscara, basicamente um homem negro, e começou a trolar o veterans bodybuilder IFBB Pro Shawn Ray.

Não é a primeira ofensa de Lee Priest, e provável que não seja a última. Essa figura controversa vem forçando a barra muitas vezes, particularmente na questão racial.

Em 2015, foi o início da crise européia migratória. Mais de um milhão de refugiados estavam fugindo de guerras na Ásia e Oriente Médio com a esperança de recomeçar a vida na Europa.

Lee Priest os chamou de refugiados econômicos e por isso não eram “reais”. Ele fez uma comparação aos refugiados da África, os quais são refugiados reais em sua visão quando são colocados em campos com moscas no rosto, e sacos com seus seus pertences nas costas. Para Lee, um refugiado real é alguém que vem de uma condição de escravidão.

“esses p***s vem pra cá, parecendo que estavam na academia” disse LEE.

Ele ainda acha que os homens e garotos deveriam estar lutando no exército de seus países. Lee ainda disse que essas pessoas precisam devem ser corrigidas em seus próprios países. Ele sentia que elas migrava para Australia apenas em busca dos benefícios.

“e depois que chegam aqui muitos tentam mudar meu país para ficar igual à merda que eles deixaram para trás” disse LEE.

Lee continua e ainda menciona suas tradições religiosas, como a maioria é mulçumana eles não comem carne de porco e nem comemora o natal, o que a seus olhos, deveria ser mais uma razão para permanecerem em seus países de origem. Ele não entende porque eles gostariam de viver em um lugar que não celebra a mesma religião e suas crenças.

Lee Priest é confiante em acreditar que todos os mulçumanos são terroristas e não precisa de muitos para paralisar um país. Priest ainda tirou sarro da vestimenta das mulheres no Afeganistão, a burca que cobre todo o corpo. (Ele quis dizer um Niqab, baseado em sua descrição, mas o ignorante não sabe a diferença.) Ele mencionou que se elas fossem ao banco vestindo isso, elas seriam expulsas por isso que mandam seus maridos. Lee questionou a religião e porque elas tem que andar todas cobertas por aí.

Lee acredita que a religião são apenas contos de fadas e está “repleta de m*rda.” 

Em outro vídeo Lee Priest menciona Afroamericanos e como eles são sempre a vítima quando são abordados pela polícia ou presos no sistema penitenciário.Ele também mencionou afroamericanos serem associados ao crack-cocaína e perseguidos pelos tiroteios.

Além de todo o racismo de Lee em relação ao Islã e aos afroamericanos, ele também fez graça em relação ao sistema escravocrata nos Estados Unidos ( que durou mais de 400 anos) no vídeo abaixo. Ele ainda declara que não é racista porque o maquinário que ele estava treinando é preto.

Mais recentemente Priest vestiu uma “máscara de uma homem negro” e personificou Shawn Ray.

Ele ainda tenta defender sua posição comentando a respeito do filmes As Branquelas, em que homens negros se vestem de mulheres brancas.

Para Lee Priest, ele não é racista por que seu melhor amigo é negro, mas essa é frase mais comum entre os racistas.

O que você acha dessa personalidade controversa que é Lee Priest?

Para mais notícias e atualizações, siga Generation Iron Brasil no Facebook, Twitter, and Instagram.

Deixe seu comentario

Insira seu comentario
insira seu nome aqui